quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Sanctuary (USA)

Salve headbangers!
Hoje temos uma matéria muito legal sobre o saudoso e espetacular Sanctuary, uma das minhas bandas favoritas, e uma das mais injustiçadas do metal norte-americano, que infelizmente ficou, de certa forma, esquecida no tempo.




Seattle é mundialmente conhecida como o berço do movimento grunge. Mas engana-se quem pensa que apenas de Nirvana e derivados vive a cidade, afinal temos grandes bandas de Heavy Metal oriundas da mesma, como Queensrÿche, Metal Church, e nossa banda de hoje, o Sanctuary.
Formada em 1985 por Warrel Dane (ex-Serpent’s Knight) nos vocais, Lenny Rutledge e Sean Blosl nas guitarras, Jim Sheppard (ex-Sleze, banda glam que tinha como vocalista Layne Staley, futuro integrante do Alice In Chains) no baixo e Dave Budbill na bateria, o Sanctuary apresentava um som Heavy Metal em sua essência, com leves influências de Power e Thrash, sempre com linhas instrumentais bem trabalhadas e precisas, além dos vocais agressivos e/ou extremamente agudos de Dane.
Em 1986, gravam sua primeira demo, e logo após lançam um split ao lado da banda Fifth Angel. Finalmente, em 1987, lançam seu primeiro full-lenght, intitulado “Refuge Denied”, produzido por ninguém menos que Dave Mustaine, líder do Megadeth (que também gravou o solo inicial da música “White Rabbit”, cover do Jefferson Airplane). Destaque para as faixas “Battle Angels”, “Die For My Sins”, “Termination Force” e ”Sanctuary”, que mostram todo o poder de fogo do grupo.
Com a ótima repercussão de seus trabalhos, a banda faz shows ao lado de nomes já consagrados na cena, como Warlock e Megadeth.

“Into The Mirror Black”, segundo álbum do quinteto, é lançado em 1990, mostrando uma clara evolução no grupo, tanto tecnicamente quanto no quesito “maturidade musical”. Gravam também um clipe para a música “Future Tense”, e o mesmo é altamente veiculado no programa Headbangers Ball, da MTV americana.
Após o lançamento do play, o Sanctuary sai em turnê pelos Estados Unidos com as bandas Death Angel e Forbidden, onde é gravado o EP “Into The Mirror Live / Black Reflections”, registro contendo 5 músicas ao vivo e a versão de estúdio de “Future Tense”.
Durante a tour, o guitarrista Sean Blosl deixa o grupo, e em seu lugar entra o prodígio Jeff Loomis, que ainda jovem já mostrava uma enorme potencial nas 6 cordas.
Os atritos internos surgem em 1991, onde gravadora e alguns integrantes optam por mudar a sonoridade do grupo, aderindo à moda grunge da época. Insatisfeitos, Dane, Sheppard e Loomis deixam a banda para formar o Nevermore. Com isso, o Sanctuary encerra suas atividades.
Em 2010, o vocalista Warrel Dane anuncia o retorno do banda, ainda com sua formação sendo um mistério, para a gravação de um novo álbum. Quem viver, verá!


Myspace (não-oficial): http://www.myspace.com/sanctuaryfans

Future Tense (Video-Clip)


Battle Angels



Espero que tenham gostado!
Grande abraço!

3 comentários:

Cantarelli disse...

Sanctuary, precurssora do Nevermore.
Excelente banda, chutadora de ânus alheios!

Warrel Dane semrpe genial.

kerry burger king disse...

Detalhe para essa franginha do Warrel muito engraçado bem foda esse clip a banda é foda curto muito jeff lomis tenho o cara como um verdadeiro guitar hero.

Dayane disse...

Sem comentarios para eles.....realmente uma banda injustiçada!!!!
Mas fazer o que......O som deles eh muito bem trabalhado e quanto ao Warrel.......vocal sem comentários!!!!
Parabéns pela matéria!!!
Beeeeeeijos!!!!♣